.+

sábado, 22 de outubro de 2016

Inaugurado primeiro cemitério ateísta do mundo





A Suécia é o país com o segundo maior número de pessoas não religiosas do mundo, conforme uma pesquisa realizada pelo Instituto Gallup Internacional e da Rede WI de Pesquisa de Mercado. Setenta e seis por cento dos entrevistados declararam “não ter religião” ou ser “ateus”. Eles só perdem para a China, onde o ateísmo é imposto pelo regime comunista.

Agora os suecos terão um cemitério onde é proibido exibir qualquer símbolo religioso. A proposta foi feita por Josef Erdem, um professor da cidade de Borlänge. Ele explica que a ideia surgiu para que as pessoas possam “decidir por si mesmas como seus túmulos devem ser”. Tendo passado a maior parte de sua vida no Curdistão, afirma que sua visão de mundo foi moldada por amigos que tinham “todo tipo de crença”.


Como pessoalmente não deseja ter uma cruz em seu túmulo, encaminhou um pedido formal para adquirir o terreno para construir um cemitério ateu. Curiosamente, por causa de uma antiga legislação do país, precisou negociar com os representantes da Igreja da Suécia, de confissão luterana.



Tradicionalmente os suecos são enterrados nos fundos das igrejas ou em terrenos adjacentes. Uma igreja local concordou em ficar responsável pela manutenção do espaço, mas não poderá interferir na proibição de símbolos religiosos. Também está fora de cogitação fazer cultos fúnebres ou realizar qualquer cerimônia religiosa.

Erdem disse à imprensa que após muitas negociações, está pronto para inaugurar o local. “Eu falei com muita gente sobre isso, muitos deles eram religiosos, e a resposta tem sido extremamente positiva”, assegura.

O autor da ideia comemora o fato de que vários moradores já manifestaram interesse em serem enterrados lá. Explicou ainda que se alguma pessoa religiosa desejar ser enterrada ali poderão fazê-lo, mas deve concordar em não “deixar no local as marcas de sua religião”. Com informações Independent



Nenhum comentário: